CANDIDATURAS | APPLICATIONS | 2015/2016

1st CALL

18/05 > 19/06 – 2015

2nd CALL

10/07 > 24/07 – 2015

MASTER OF ART AND DESIGN FOR THE PUBLIC SPACE 

English information HERE

MESTRADO EM ARTE E DESIGN PARA O ESPAÇO PÚBLICO

INFORMAÇÃO – CANDIDATURAS E CURSO

Cancidaturas ONLINE. Link activo a partir de 18 de Maio

Documentos necessários: Diploma de Licenciatura ou equivalente; Fotocópia de Documento de Identificação; CV; Portfolio; Declaração de Intenções

Critérios de Selecção:
1. Currículo Académico [LICENCIATURA E OUTORS DIPLOMAS] – 25%

Irá necessitar de algum conhecimento de Inglês (B2 min) e de Português (min A2 para não Luso falantes) de acordo com Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas. Faça a auto-avaliação no link fornecido. 

2. Currículo Científico [PUBLICAÇÕES RELEVANTES OU PAPERS QUE TENHA ESCRITO] – 15%

Valorizamos o seu pensamento crítico, a sua capacidade para comunicar ideias, um ponto de vista original e informado sobre práticas contemporâneas com um interesse em espacialidade.

3. Portfolio [A SUA PRÁTICA – ARTÍSTICA, ARQUITECTÓNICA, EDUCATIVA OU OUTRA] – 30%

O seu portfolio é um elemento crucial para vir a ser seleccionado. Qualquer que seja o campo da sua prática, procuramos originalidade e compromisso. Um portfolio bem organizado é uma mais-valia da sua candidatura.

4. Experiência profissional  [OS SEUS EMPREGOS OU OCUPAÇÕES ATÉ À DATA] – 15%

Experiência profissional relevante dar-nos-à uma melhor ideia da sua pessoa e do que pode trazer para o Curso. 

5. Declaração de Intenções [A SUA MOTIVAÇÃO PARA SE CANDIDATAR AO MADEP] (pode ser solicitada uma Entrevista se necessário) – 15%

Procuramos duas coisas principais na sua Declaração de Intenções: a sua motivação para continuar os seus estudos no Mestrado e porque considera que deverá ser seleccionado.

Objetivos programáticos

O Ciclo de Estudos conducente ao Grau de Mestre em Arte e Design para o Espaço Público oferece alternativas de prosseguimento de estudos para alunos provenientes de diversos cursos de Artes Plásticas, Design, Paisagismo, Arquitetura, ou outros, permitindo coadjuvar uma formação educativa e/ou profissional anterior com uma especialização que centra o seu âmbito de atuação nas diferentes vertentes do espaço público e suas problemáticas (sociais, políticas, urbanas e mesmo virtuais).

Enquanto como foco de intervenção, o espaço público é entendido como um território operativo e crítico, da praça ao museu, da página impressa à internet, permitindo que candidatos com formação anterior em âmbitos diversos foquem a sua investigação em problemas que se situam num intercruzamento disciplinar. São exemplos um candidato com formação em arqueologia que pretenda debruçar-se sobre os problemas da cultura material em contexto urbano, ou um artista plástico vir a investigar a sua prática num contexto expositivo não convencional, um performer desenvolver projetos de natureza documental, ou um arquiteto aplicar a sua experiência formativa em contexto participativo. Neste sentido, e porque não é um Ciclo de Estudos uni-disciplinar, o MADEP apresenta-se como um curso inovador porque atua precisamente no inter-cruzamento de várias experiências e formações, permitindo uma transversalidade de conhecimento e das suas práticas, singular no contexto nacional e mesmo internacional.   

O Mestrado é adequado para falantes de Inglês e aceita candidatos de múltiplas formações anteriores.

Estrutura

A primeira parte do curso estrutura-se em torno de um conjunto de unidades curriculares contextualizantes de, por um lado, as metodologias de investigação, de projecto, e as ferramentas profissionais; por outro, o conhecimento teórico indispensável a uma investigação consistente; e finalmente, à prática projectual desenvolvida com o apoio de tutores dedicados e escolhidos de acordo com as suas especialidades.

O Ciclo de Estudos privilegia actuações em contexto real, sempre que oportunas, permitindo aos estudantes testar a dimensão projectual e aprofundar o seu âmbito de pesquisa de forma articulada entre o contexto curricular e situações concretas.

Links relevantes: madep.wordpress.com / metapractice.wordpress.com

Link Oficial do Curso:

https://sigarra.up.pt/fbaup/pt

Organização e modalidades: Tempo Integral: 4 semestres, 120 ECTS / Tempo Parcialaté 6 semestres, 120 ECTS

Plano de Estudos

1º Ano: Projecto (A;18ECTS), Desenho e Levantamento do Lugar (1S;9ECTS); Arte, Comunicação e Cultura Visual (1S;6ECTS), Optativa UP (1S;6ECTS), Desenho e Projecto (2S;9ECTS), Metodologias de Projecto e de Investigação I (2S;6ECTS); Optativa (2S; 6ECTS); 2º Ano: Trabalho de Projecto/Dissertação (A; 54ECTS); Metodologias de Projecto e Investigação II (1S; 6ECTS).

DiplomasMestrado em Arte e Design para o Espaço Público (120 ECTS) / Especialização em Arte e Design para o Espaço Público (60 ECTS)

Directora do Curso: Gabriela Vaz-Pinheiro

Docentes: Gabriela Vaz-Pinheiro (artist and researcher) / Miguel Costa (architect) /Jorge Marques (artist) / Pedro Góis (sociologist)

Convidados Complementares: Alexander Röemer (architecture collective: exyzt. constructor’s lab. paris); Álvaro Domingues (geographer); André Guedes (artist and performer); André Tavares (architect ); Ângelo Ferreira de Sousa (artist); Bettina Wind (artist); Carlos Bunga (artist); Carolina Rito (curator); Catarina Simão (documentary maker); Cristina Terzoni (art researcher); Deborah Smith (curator); Eduardo Matos (artist); FAHR 021.3 (architecture collective: Filipa Fróis Almeida e Hugo Reis); Fatima São Simão (economist); Filipa Francisco (choreographer); Isabel Barros + Flávio Rodrigues (choreographers); Joana Braga (architect); José Bártolo (designer); Inês Nepomuceno (designer); Joshua Sofaer (artist); Lígia Ferro (sociologist); LIKEarchitects (architecture collective: Diogo Aguiar, João Jesus + Teresa Otto); Luciana Fina (film maker); Mário Caeiro (art director); Marysia Lewandowska (artist) + Colin Fournier (architect); Nuno Faria (curator); Os Espacialistas (architecture collective: Diogo de Castro Guimarães, Filipe Pereira, João Carlos Cerdeira, Luis Baptista, Sérgio Serol); Patrícia Azevedo Santos (artist); Paulo Mendes (artist); Pedro Bandeira (architect); Pedro Leão Neto (architect); R2 (designers: Lizá Defossez Ramalho + Artur Rebelo); Rellie De Vries (artist); Ricardo Basbaum (artist); Rita Castro Neves (artist); Rita Luciana Berti Bredariolli (arts educator); Samuel Silva (artist); STILL urban design (architecture collective); Tiago Casanova (architect and photographer); | among others.

Parcerias InternacionaisIn certain Places Research Unit, University of Preston, UK; LLU, University of Jelgava, Latvia ; CAIRN art centre, Geological Reserve of Upper Provence, France; Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Brasil; Plataforma Corpocidade, UFBA – Universidade Federal da Bahia, Brasil; | entre outras

Parcerias NationaisCentro de Comunicação e Representação Espacial (CCRE – FAUP); UPTEC PINC _ Universidade do Porto; Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR) Universidade Católica do Porto; Núcleos Arqueológicos Freixo de Numão e Mação, Instituto Politécnico de Tomar, CAAPP: Circuito Aberto de Arte Pública de Paredes; Câmara Municipal do Porto; Transforma ac, Torres Vedras; balleteatro, Porto; Núcleo de Experimentação Coreográfica, Porto; Programa de Arte Pública Sonae Sierra; Universidade do Minho; Universidade de Aveiro; | entre outras.

++ info madep@fba.up.pt

Video Studying @ FBAUP

https://vimeo.com/104395298